4 passos para sua conta ficar no azul

Parece meme, mas o tal do boleto (e, no caso, devem ser muitos boletos) nunca para de chegar. Muita gente fica desgastada de tanto procurar saídas ou soluções para se livrar das dívidas e contas que não param de crescer como uma bola de neve, mas não desista, existe solução!

Muitas vezes, gastar menos ou ganhar mais não vai resolver, por isso, fique de olho nestes 4 pontos para recuperar sua saúde financeira:

  1. Planejamento financeiro: a vontade que dá, é de sempre comprar mais e mais, mas você já colocou no papel o que realmente é necessário para o seu dia a dia? Está na hora de colocar tudo em um papel/planilha, fazer as contas e ver o que cabe no bolso. Coube? Ótimo, reduza os gastos possíveis, principalmente aqueles de R$ 2 ou R$ 10 que saem sem você perceber. E não se esqueça de colocar na conta as parcelas de dívidas ou cartões, cheque especial, financiamento, etc.
  2. Levantamento e Renegociação de dívidas: antes de chegar pedindo uma negociação, olhe sua lista do planejamento e veja quais valem o esforço de correr atrás. Pense nos argumentos para apresentar, prepare documentos que comprovem sua capacidade de pagamento, pense em alternativas de proposta e leve para o negociante, como desconto para pagar à vista ou um desconto mensal maior do que os juros, etc. Ao fim, não haja por impulso, peça uma cópia por escrito da proposta, apresente para familiares ou pessoas de confiança e avalie antes de assinar.
  3. Redução de gastos: não tem como, o melhor jeito de ter dinheiro na carteira ou no banco é não tirando ele dali. Mas calma! Avalie quais gastos você consegue reduzir por um tempo até se recuperar, como a TV à cabo, streamings ou uma assinatura de jornal. Logo, logo sua conta receberá alta e você poderá se mimar de novo, mas nada de voltar a passar apuros, hein?
  4. Plano de ação: sim, a vida financeira é uma batalha constante e diária. Crie planos e estratégias para que o seu dinheiro trabalhe por você. Assim que for se reestabelecendo, comece a procurar investimentos ou poupanças para guardar uma reserva de segurança que vai render até o dia que você precisar. Faça também cursos e pesquise sobre dicas de economia no dia a dia em casa, no trabalho, nas férias ou onde você estiver. Assim você vai pode 4 passos para sua conta ficar no azul r aproveitar melhor a vida, com o sono em dia.

Ah, e lembre-se que quem manda no dinheiro é você! É só aprender a domar esse tigre que ele vira um bichano.

Fonte: Serasa.com.br