Aprenda a separar as finanças da empresa e pessoais

Um dos principais desafios de quem está começando a empreender é conseguir separar a gestão financeira da empresa da gestão pessoal. Por isso, esta matéria traz alguns tópicos que podem te ajudar. Vem conferir!

• Pagamento de contas
Se os seus pagamentos pessoais e empresariais saem da mesma conta, a sua empresa pode estar em perigo. Separe-os e não deixe sua empresa com dívidas ou sem dinheiro, isso compromete a saúde do seu empreendimento.

• Tenha contas diferentes
Isso facilita na hora de identificar a receita e até as áreas que recebem mais ou menos investimento e seu retorno. Com as contas juntas, fica impossível observar a receita de cada fatia ou organizar os gastos.

• Organização é a palavra chave
Use planilhas ou o que preferir, mas separe as entradas e saídas da sua empresa, assim como suas contas e ganhos de casa. Assim, você consegue antever possíveis imprevistos e se preparar da melhor forma.

• Tenha um salário fixo
Quando se é dono do próprio negócio fica difícil separar as coisas, por isso definir um salário fixo (chamado de pró-labore) ajuda a se organizar. A definição é feita a partir da média de quanto você precisa para se sustentar e o valor pago pelo mercado para sua função.

• Lucrei, posso usar este dinheiro?

Claro! Em melhorias, para que possa continuar expandindo, seja em tecnologia, estrutura, capacitação…

O importante é se manter competitivo no mercado. Você também pode definir retiradas de lucro divididas entre os sócios uma vez por ano ou semestre.

Fonte: Controle Financeiro