Trabalhar em casa tem sido cada vez mais uma opção viável para muitas pessoas. Redução nos custos de alimentação, de transporte e de aluguel comercial são alguns motivos que impulsionam muitos a tomarem essa decisão.

Mas nem tudo são flores, pois é necessário garantir que tudo funcione bem e que as rotinas pessoal e profissional não se confundam.

Em primeiro lugar, é fundamental que você tenha um local específico para desenvolver suas atividades profissionais. Não importa se é um ateliê ou um escritório, é necessário ter à mão tudo o que você precisa, com iluminação adequada e uma divisão clara em relação ao resto da sua casa.

Além disso, para que você não trabalhe mais ou menos do que o necessário, é importante estipular e seguir à risca o momento de início e fim das atividades, sem esquecer do almoço e das pausas para descanso.

Como é fácil confundir as atividades profissionais com as de casa, o segredo é focar no trabalho durante o horário que você estabeleceu e, só depois, dedicar-se às atividades pessoais. As contas também devem ser divididas, evitando que um gasto influencie no outro.

Vale ressaltar que, ao se tornar um autônomo, você terá que ficar de olho no dinheiro que entra e que sai do seu caixa. Portanto, crie tabelas de controle para que você não tenha prejuízos.

Com essas dicas básicas, você conseguirá aproveitar todas as vantagens que trabalhar em casa pode oferecer.

Fonte: Pequenas Empresas & Grandes Negócios