Imagine a situação: você passou por todas as fases do processo de seleção e foi chamado para aquela vaga que tanto queria, porém, a proposta salarial não é a esperada. Claro que isso pode gerar uma decepção, mas há outros itens que devem ser levados em consideração.

É importante levar em conta o pacote de benefícios como bônus, seguro de saúde, previdência privada, estacionamento ou vale transporte, vale alimentação ou refeição, desconto em farmácias, entre outros.

Além disso, você deve pensar no plano de carreira que a empresa pode te oferecer, ou seja, se há desafios que te levarão a crescer como profissional.

Vale lembrar que é importante levar em conta a qualidade de vida, por exemplo, na questão de deslocamento até o trabalho.

Resumindo, não há uma regra, mas como sempre, é bom pesar suas prioridades na balança e analisar bem a proposta da empresa.

Fonte: Vida e Carreira