A busca por empregos sempre chega a um ponto crucial: a entrevista. É nela que o recrutador analisará sua personalidade e aprofundará as informações que você expôs no currículo. Porém, esse momento pode gerar ansiedade e te levar a alguns erros. Por isso, selecionamos alguns pontos para ficar atento, além de dicas para não se enrolar:

1 – Demissão anterior.

Quando for explicar o motivo da demissão no emprego anterior, o segredo é demonstrar maturidade, ser pontual e sincero, sem degradar a imagem da empresa.

2 – Pontos fracos.

Se perguntarem seus pontos fracos, não adianta dar respostas manjadas! Você tem que mostrar que se conhece e que está disposto a trabalhar para se superar.

3 – Pontos fortes.

Falar das suas qualidades é mais simples do que parece. Tente trazer resultados reais da sua carreira, pois isso será o mesmo que demonstrar para a empresa o que ela ganhará com a sua contratação. Vale lembrar que é necessário tomar cuidado para não parecer arrogante. Simplicidade é cativante!

4 – Referências.

Escolha alguém que terá algo de positivo para falar de você. Não corra o risco de passar um contato que pode dar um feedback negativo ou neutro. E não se esqueça de avisar a pessoa antes, ok?

5 – Salário.

O costume é que o assunto só seja discutido quando o candidato for escolhido ou se o entrevistador comentar sobre.

Agora é com você! Boa sorte!

 

Fonte: Exame