Uma empresa americana campeã de vendas no segmento de tecnologia anunciou o lançamento de um novo smartphone e, como era de se esperar, foi um sucesso. Filas quilométricas em frente às lojas e compras on-line esgotadas. No Brasil, a expectativa é de que o smartphone custe entre R$ 3.999 a R$ 4.899.

Baseando-se nisso, o Catraca Livre indicou sete locais que têm o preço da passagem de avião mais barata do que o smartphone. Vale lembrar que todos os valores são exemplos de passagens encontradas no site Voopter com certas especificidades quanto às datas, horários, etc. Confira:

1 – Fernando de Noronha (PE).

Para fevereiro, passagens de ida e volta, saindo de São Paulo, custam em torno de R$ 1.600, já com todas as taxas incluídas. Com várias praias paradisíacas e natureza abundante, Fernando de Noronha tem um custo diário estimado em R$ 266.

2 – Peru.

As passagens de avião, saindo de São Paulo para a capital Lima, custam mais ou menos R$ 1.400. Já os gastos diários, com hospedagem, para uma semana, chegam a R$ 800.

3 – Cancún, México.

Férias no Caribe, soa bem, não é? E você pode viajar para lá, saindo de Guarulhos, por R$ 2.000 ida e volta. Além disso, é possível que você gaste em torno de R$ 150 por dia.

4 – Nova York, Estados Unidos.

Por cerca de R$ 1.900, com saída da capital paulista, gastando aproximadamente R$ 291 por dia, você vai para a cidade dos teatros da Broadway, da Estátua da Liberdade e pode fazer compras na Big Apple!

5 – Londres, Inglaterra.

Se você sair de São Paulo, em fevereiro, as passagens ida e volta custarão cerca de R$ 2.200, sem taxas. Além disso, você deve considerar um gasto diário de R$ 211 com alimentação, transporte, hospedagem, passeios, etc.

6 – Paris, França.

Mesmo sendo uma das cidades mais caras da França, você pode encontrar passagens com saída de São Paulo por R$ 2.000 e deve considerar um gasto diário de R$ 235.

7 – Tailândia.

Já pensou que diferente ir pra Bangcoc? Se você sair da capital paulista, as passagens, com taxa incluída, saem por R$ 2.400. E, para ficar cerca de uma semana, você gastará provavelmente R$ 1.000.

E aí? Como você prefere investir seu dinheiro?

 

Fonte: Catraca Livre