Renovar o guarda-roupa com frequência, apesar de ser um sonho de muitas pessoas, não é sempre algo muito acessível – e, sejamos sinceros, nada sustentável. Isso porque, se pararmos para pensar sempre temos aquela peça no fundo da gaveta, que compramos por impulso e não usamos nunca.

Além de ocupar espaço, essas peças também são um desperdício de dinheiro que não conseguimos recuperar depois… Ou não conseguíamos! Uma novidade que vem se espalhando é o bazar de roupas entre amigas. Ok, não é bem uma novidade, não é mesmo? O que esses bazares estão trazendo de novo é a possibilidade de troca em vez de compra ou venda.

Pode esquecer aqueles brechós com roupas que têm defeito e peças antigas. Imagine você e suas amigas trocando entre si as melhores peças: as compradas por impulso, as blusinhas lindas que não faziam exatamente seu estilo, os vestidos escolhidos para uma ocasião que nunca mais foram utilizados… Uma ótima possibilidade de renovar o guarda-roupa e passar pra frente aquela peça que você não usa.

Além de trocar as peças, também é possível vendê-las por um “precinho amigo”. Mas como começar? Algumas dicas de mulheres que entraram na onda dos bazares modernos:

Que roupa levar?

Separe aquelas peças que tenham o estilo das suas amigas e que são sempre elogiadas. Aquele vestido que não caiu bem em você pode ficar perfeito na sua amiga! Os itens devem estar em bom estado e lavados.

Comes e bebes não podem faltar…

Como toda boa reunião entre amigas, comidinhas e bebidas são bem-vindos e deixam o ambiente mais descontraído.

Será que serve?

As pessoas precisam provar as roupas, por isso é aconselhável separar um local com espelho que servirá como provador.

O que não levar?

Você se sentiria bem se alguém te desse um presente que ganhou de outra pessoa? Segundo as usuárias de bazar, produtos que foram presentes de alguém estão fora da lista de vendas. Roupas íntimas também – nem pensar!

Aproveite momentos

Ás vezes não é preciso marcar uma ocasião apenas para isso. Vocês podem combinar de levar algumas peças em um happy hour, churrasco de fim de ano, festa de aniversário dos filhos etc.

E aí, gostou da ideia? Que tal garimpar o guarda-roupa, chamar as amigas e dar início a essa forma de consumo mais sustentável? Boa sorte 😉