Para quem é consumista, evitar as compras desnecessárias não é tarefa fácil. Mas gastar dinheiro à toa atrapalha o orçamento da casa e pode criar problemas financeiros sérios.

As compras parceladas são uma parte do problema. Quem costuma comprar a prazo pode ter juros embutidos nas parcelas. Em casos de compras maiores, como uma moto, o ideal seria pesquisar qual a melhor taxa de mercado. Ou poderia colocar o dinheiro em uma poupança e comprar à vista, negociando um bom desconto.

Para evitar o consumismo desenfreado, faça a conta do orçamento do mês e comece a criar uma reserva de emergência que represente 3x as despesas mensais (Ex: se você gasta R$ 800 reais por mês, deve ter R$ 2.400 reais guardados).

Você não deve comprar quando vê o produto pela primeira vez, deve esperar e procurá-lo em outras lojas, ou deixar a aquisição para outro dia para pensar melhor.

É importante sempre pensar que imprevistos acontecem. E para estar preparado para eles, tente não fazer dívidas que comprometam sua renda mensal.